Secretaria de Sade espalha diversos pontos de vacinao contra a doena pela cidade e pretende alcanar a meta de imunizar 11,4 mil pessoas at sbado, 13, quando se encerra a campanha

Marialva intensifica campanha de vacinao contra a rubola

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Última Modificação: // | Visualizada 141 vezes


Ouvir matéria

A Secretaria de Saúde de Marialva intensificou a campanha de vacinação contra a rubéola disponibilizando diversos locais na cidade onde pessoas de 20 a 39 anos, faixa etária preferencial da iniciativa, podem se imunizar contra a doença. A campanha nacional se encerra neste sábado, 13.

 
“Estimamos imunizar 11,4 mil pessoas e, assim, atender as recomendações do Ministério da Saúde”, explica o secretário de Saúde do município, João Dorival Garcia Gea, o Vavá. Em todo o Estado já foram vacinadas 2,4 milhões de pessoas, 71% da população que deve ser atingida pela campanha.
 
 
O fato de uma pessoa ter sido vacinada ou já ter sido contaminada pela rubéola não impede que ela seja vacinada. “Todas as pessoas na faixa etária de 20 a 39 anos devem ser imunizadas”, reitera João Dorival, acrescentando que não existe outra forma de se erradicar a doença.  
 
A Síndrome da Rubéola Congênita, que acomete as gestantes, gera prejuízos à mãe e principalmente ao bebê. O recém-nascido pode ter problemas de catarata, glaucoma, surdez, cardiopatias, baixo peso e diversos tipos de deficiência que se acumulam durante a vida toda.
 
Em 2007, ocorreram 63 casos, sendo 46 na população masculina, 91,30% deles na faixa etária de 20 a 39 anos. Durante aquele mesmo ano, houve um registro de caso em gestante que, felizmente, evoluiu para o nascimento sem seqüelas, algo raro em situações semelhantes.

 Galeria de Fotos

 Veja Também