Monitoramento

Marialva investe em mais de 400 novas câmeras de segurança

Quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Última Modificação: 24/11/2021 10:46:41 | Visualizada 151 vezes

As câmeras serão usadas em escolas, prédios públicos e nas ruas e trânsito


Ouvir matéria

Mais de 400 novas câmeras de segurança devem ser instaladas até o final do novo projeto Marialva + Segura, que faz parte do Marialva + Digital, encabeçado pela Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação e, no caso desse novo programa, com participação direta da Secretaria Municipal de Trânsito e Segurança Pública e apoio do Conseg Marialva. Até o final do projeto, serão investidos R$ 1,3 milhão.

 

O projeto conta com uma série de inovações, além da quantidade de câmeras novas (algumas delas, inclusive, já estão em funcionamento). "Nas escolas, por exemplo, teremos câmeras de reconhecimento facial, o que permitirá monitoramento de pessoas de fora do ambiente escolar ou das famílias rondando a escola; e, no futuro, poderá ser possível até chamada por meio dessa tecnologia", explica o secretário de TI de Marialva, Diego Bassan.

 

Também haverá câmera LPR, que tem a capacidade de leitura de placas de veículos, acionando um alerta em caso de identificação de veículos furtados, melhorando muito a capacidade de monitoramento e prevenção de crimes da Guarda Municipal. "Nossa equipe ganha em agilidade e em efetividade, tornando Marialva cada vez mais segura com a nossa Central de Monitoramento, que vai funcionar 24 horas por dia", lembrou o diretor da Guarda, Divandro Escaratti.

 

"Estamos sempre buscando o que podemos melhorar para que nosso povo se sinta mais seguro e confortável pra sair de casa; quem ganha é o povo, somos todos nós", comentou o prefeito Victor Martini.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Marialva

Marialva investe em mais de 400 novas câmeras de segurança Crédito: Assessoria de Comunicao da Prefeitura de Marialva
Legenda: Marialva investe em mais de 400 novas cmeras de segurana

 Galeria de Fotos

 Veja Também