ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Construção de obras públicas

Manual reunirá boas práticas de construção de obras públicas

Quinta-feira, 27 de setembro de 2012


Este será um dos produtos de parceria entre o TCE e a UFPR, cujo primeiro trabalho é a avaliação de projetos e preços de materiais e serviços utilizados em obras da Copa de 2014 no Paraná A parceria entre o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR) para a fiscalização das obras da Copa de 2014 resultará em um manual de boas práticas de construção de obras públicas, que poderá ser utilizado por toda a sociedade. Projeto de extensão da UFPR, o manual reunirá indicadores de desempenho, levando-se em conta aspectos como qualidade de materiais e serviços, planejamento adequado e impacto ambiental. O tema foi discutido durante reunião, nesta quinta-feira (27), na qual técnicos da Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura do Tribunal (CEA) e professores da UFPR definiram o cronograma inicial e a metodologia de trabalho para a fiscalização das obras da Copa no Paraná. A parceria reunirá 22 estudantes dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura, sob a coordenação dos 14 profissionais dessas duas áreas que atuam na CEA. Na primeira etapa do trabalho, que será iniciada na próxima semana, a equipe vai analisar projetos e preços de seis obras de melhoria da mobilidade urbana incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa. No total, o PAC da Copa é formado por um conjunto de nove obras que visam melhorias no escoamento do tráfego e no transporte público e somam aproximadamente R$ 575 milhões, em investimentos do Governo do Estado e da Prefeitura de Curitiba. Projetos e preços A preocupação do Tribunal é que as obras sejam executadas com qualidade e nos prazos estabelecidos, evitando aditivos, afirma o engenheiro Luiz Henrique de Barbosa Jorge, coordenador da CEA. Desde 2009, o TCE possui um Grupo de Trabalho multidisciplinar que acompanha as obras da Copa. Esse convênio unirá o papel fiscalizador do Tribunal à capacidade de geração de conhecimento da universidade e sua estrutura de laboratórios, que possibilitará a análise dos materiais utilizados nas obras, completa o gestor da CEA. Para iniciar o trabalho, a equipe da UFPR, sob o comando do professor Mauro Lacerda Santos Filho, coordenador do Departamento de Construção Civil, receberá do TCE os projetos e planilhas das obras em análise. Os alunos participarão de seminário técnico e treinamento sobre gestão de custos, para se familiarizar com a rotina de execução e fiscalização de obras públicas. Antes de visitar as obras em execução, os estudantes lançarão, em planilhas, informações completas sobre elas. Os objetivos são verificar se os projetos são completos e correspondem aos objetos licitados e se os preços de materiais e serviços estão compatíveis com os praticados no mercado. Quatro estrangeiros - dois alemães, um finlandês e um norte-americano - que fazem intercâmbio de pós-graduação na UFPR integram o grupo. PAF Social O convênio com a UFPR é a segunda iniciativa do TCE para agregar o conhecimento e a capilaridade da área acadêmica ao exercício do controle social. O outro é o Plano Anual de Fiscalização Social (PAF Social), desenvolvido com as sete universidades estaduais paranaenses. No PAF Social, um grupo de 350 alunos e professores atuou junto ao Tribunal na realização de auditorias sociais em todas as regiões do interior do Estado, nas áreas de gestão do lixo, compra e distribuição de medicamentos e transporte escolar, além da elaboração de indicadores de gestão municipal. Apresentados em julho, os resultados do trabalho dos universitários foram consolidados por técnicos do TCE e serão apreciados pelos conselheiros, em sessão plenária. Nos próximos meses, serão debatidos em audiências públicas com os gestores e a sociedade. Texto e foto: Coordenadoria de Comunicação Social TCE/PR

Fonte: TCE PR

 Outras Notícias