ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Segurança

Obras de duplicação do primeiro trecho da Rodovia do Café estão 70% concluídas

Terça-feira, 03 de março de 2015


As obras de duplicação da BR-376, entre Ponta Grossa e Apucarana, já entraram na fase final em alguns trechos. Entre Trevo do Caetano e o distrito Tibagi dos Coreanos, em Ponta Grossa, as equipes estão colocando a última camada de asfalto e 70% do cronograma das obras já estão concluídos. A estimativa é entregar a nova pista até o fim do primeiro semestre de 2015.

Neste primeiro trecho de Ponta Grossa também já estão concluídos 90% dos viadutos e pontes previstos e já foram feitos 60% da construção da nova pista. Além desta frente de trabalho, há equipes que atuam entre o Rio Tibagi e a praça de pedágio em Tibagi, onde estão em execução as obras de terraplenagem da nova pista.

A duplicação da Rodovia do Café foi antecipada em dois anos a partir de negociação do governado estadual com a concessionária. Ao todo, serão duplicados 231 quilômetros, em 26 trechos de obras. No momento, as equipes estão divididas em três frentes de trabalho – duas em Ponta Grossa e outra entre Califórnia e Apucarana.

“A duplicação da BR-376, entre Ponta Grossa e Apucarana, vai garantir mais segurança aos motoristas e trará mais agilidade no escoamento da produção paranaense”, explica o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagens (DER-PR), Nelson Leal Junior. 

No Rio Tibagi, as equipes já colocaram as vigas para construção da nova ponte. São estruturas de concreto, com 125 metros de extensão e 11 metros de largura. Agora, as equipes trabalham na construção do restante da ponte.

O asfalto usado na duplicação da BR-376 tem a última camada 

emborrachada, proveniente de reciclagem de pneus, o que favorece o meio ambiente. 

DUPLICAÇÕES- Outra duplicação em andamento é a da PR-151, entre Jaguariaíva e Piraí do Sul. Atualmente, as equipes trabalham no entroncamento da PR-151 com a PR-092. Todos os acessos em desnível serão extintos para trazer mais segurança aos usuários da rodovia, assim como a construção de um viaduto e o alargamento da passagem sobre a linha férrea. O custo nesta primeira etapa é de R$ 21 milhões.

Também estão em execução as duplicações entre Guarapuava e a região de Relógio, na BR-277 (6,5 km); entre Campo Mourão e Floresta, na PR-317 (53 km); entre Jandaia do Sul e Apucarana, na BR-369 (11 km); entre Ponta Grossa e Apucarana, na BR-376 (220 km); e de Matelândia ao acesso a Ramilândia (5,3km).

Fonte: AEN

 Outras Notícias