Representantes de mais de 20 municpios da regio passaram o dia em Marialva e conheceram um pouco mais sobre oramento participativo.

Oramento e participao popular foi tema de seminrio em Marialva

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Última Modificação: // | Visualizada 151 vezes


Ouvir matéria

 

O diretor-geral da Secretaria de Estado do Planejamento, José Augusto Zaniratti, comandou um seminário nesta sexta-feira (24), na Câmara Municipal de Marialva, sobre “Orçamento e Participação Popular”. O encontro reuniu representantes de mais de 20 cidades da região.
 
Segundo Zaniratti, o objetivo do seminário é explicar e apresentar os benefícios que o município e a população podem ter implantando esse sistema. “Um governo municipal que tem o orçamento participativo garante condições à comunidade de participar, interferir e hierarquizar, nas decisões, verbas do município”, afirmou. “O governo estabelece uma relação direta com a população nos locais onde elas moram, assim, fica mais fácil, também, implantar políticas públicas”, completou o diretor.    
 
Orçamento Participativo é um mecanismo governamental de democracia participativa que permite aos cidadãos influenciar ou decidir sobre os orçamentos públicos, geralmente o orçamento de investimentos de prefeituras municipais, através de processos de participação cidadã. Esses processos costumam contar com assembleias abertas e periódicas e etapas de negociação direta com o governo. No Orçamento Participativo retira-se poder de uma elite burocrática repassando-o diretamente para a sociedade.
 
O prefeito de Marialva, Edgar Silvestre, o Deca, e o vice-prefeito Evandro Araujo prestigiaram a atividade. “É uma alegria recebe-los em Marialva, esse seminário é uma oportunidade não só para nossa equipe técnica de traballho como para os demais municipios representados aqui, hoje. Todo municipio tem seu plano de governo, mas é preciso envolver a comunidade nisso”, destacou Deca.  

 Galeria de Fotos

 Veja Também