Empreendimentos diversos ampliam oferta de vagas no mercado de trabalho e apontam para as transformaes em curso no perfil econmico do municpio verificadas nos ltimos anos

Marialva ancora vigor do desenvolvimento regional

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Última Modificação: // | Visualizada 173 vezes


Ouvir matéria

 

A oferta de vagas na Agência do Trabalhador de Marialva, mais de duas centenas de ocupações nas mais diversas funções, aponta para o vigor da economia regional, considerando que muitas dos empregos oferecidos são de empresas localizadas no entorno do município.
 
Mas é exatamente esse aspecto que chama atenção, na medida em que aponta Marialva como referência de desenvolvimento por conta de diversos indicadores emblemáticos das transformações econômicas vivenciadas pelo município nos últimos anos.
 
As mudanças que se processam no aspecto econômico, com maior oferta de emprego em conseqüência da expansão das mais diversas atividades, e refletem no cotidiano da comunidade, proporcionando a ela melhores condições de vida.
 
“Qualidade de vida rima com geração de emprego”, afirma o prefeito Humberto Feltrin.  Para ampliar a oferta de vagas no mercado de trabalho o governo municipal tem desenvolvido diversas ações para atrair novos investimentos e estimular os negócios já existentes na cidade.
 
Importante ressaltar que a política de fomento à geração de emprego e renda exercitada pelo município não se sustenta num modelo paternalista, que concede favores e cria uma relação de dependência entre poder público e iniciativa privada. “Estimulamos o empreendedorismo”, diz Humberto Feltin.
 
Ao trocar a concessão de benefícios fiscais e outras vantagens proibidas pela legislação para atrair empresas para o município por estímulo ao empreendedorismo, o governo municipal encontrou a fórmula adequada para estimular a ocupação dos parques industriais.
 
“Atendemos assim ao compromisso de promover o desenvolvimento econômico, mola propulsora da melhoria da qualidade de vida, meta que sempre perseguimos com um conjunto de ações que alcançam os mais diversos segmentos da comunidade”, afirma Feltrin.
 
Entre as muitas empresas que investiram na cidade destacam-se a CPA, com inversão de recursos de R$ 90 milhões na construção de dois empreendimentos ligados à atividade sucroalcoleira: uma unidade de transbordo de álcool e açúcar e um armazém destinado ao preparo de álcool para exportação.
 
Outro projeto em fase de conclusão, uma fábrica de biodiesel, resultado de investimentos de dois grupos multinacionais, a japonesa Marubeni Corporation e a holandesa Agrenco Netherlands, deve ofertar cerca de uma centena de empregos diretos.
 
Será o terceiro empreendimento do grupo no Brasil, que já opera unidades no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul. A fábrica de Marialva vai produzir biodiesel a partir de soja e gordura animal, mas pretende diversificar o uso de matéria-prima na entressafra.
 
Diversos outros empreendimentos aportam nos parques industriais do município, como concessionárias de veículos, tratores e caminhões; hotel, fábrica de embalagens e empresas de outros segmentos que reforçam o vigor econômico de Marialva e ampliam a oferta de empregos.
 
“Promover o desenvolvimento econômico significa gerar mais emprego e renda”, reafirma o prefeito Humberto Feltrin, convencido de que nos últimos anos o perfil socioeconômico do município se redesenhou, tornado-se uma referência regional.
 
 
 
 

 Galeria de Fotos

 Veja Também