As finais do torneio que renem 52 equipes de cinco estados sero realizadas nesta quinta; evento deve se tornar tradio se depender de seu organizador, Maicon Everson Parpinelli

Campees do Brasileirinho de futsal sero conhecidos nesta quinta, 24

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Última Modificação: // | Visualizada 227 vezes


Ouvir matéria

Os campões das cinco categorias que disputam o 1º Torneio Nacional de Futsal de Marialva serão conhecidos nesta quinta, 24, quando serão realizadas as finais da competição que reúne 52 equipes de cinco estados (PR, RS, SC, SP e PR). Cerca de 350 pessoas, entre atletas, técnicos e dirigentes participam dos jogos, realizados nos ginásios da cidade.

"O sucesso do evento superou todas as nossas expectativas", afirma o professor de educação física e organizador do torneio, Maicon Everson Parpinelli, que já é cobrado pelos participantes a organizar uma segunda edição da competição. "Com certeza vamos fazer isso, mas ainda vamos definir alguns detalhes", diz Parpinelli.

A realização do torneio conta com apoio logístico da prefeitura, "Não registramos nenhum incidente e tivemos do município todo o auxílio necessário para promover o evento, que tem sido muito elogiado pela forma organizada que se desenrola", reafirma Parpinelli. O torneio já ficou conhecido como ‘Brasileirinho’.

A iniciativa de Maicon Everson ensaia se transformar num evento de repercussão nacional, a exemplo do ‘Enduro da Uva’ e da própria ‘Festa da Uva’ – e essa expectativa se sustenta no sucesso da primeira edição do torneio, amplamente elogiado pelos participantes oriundos de diversos estados brasileiros.

Para o prefeito de Marialva, Humberto Feltrin, eventos assim reafirmam compromisso do governo municipal com o fortalecimento do esporte como instrumento não apenas de estímulo a uma vida saudável, mas também como recurso de integração social. "o torneio de futsal cumpre esse e muitos outros objetivos", afirma Feltrin.

 

 

Não há unanimidade entre pesquisadores acerca da origem do futsal. Uma das versões mais aceitas é a de que o esporte começou a ser praticado no país por volta de 1940 por freqüentadores da Associação Cristã de Moços, em São Paulo, em função da dificuldade em se encontrar campos de futebol. Passaram então a usar quadras de basquete para jogar, com o número inicial de até sete jogadores.

Descobriram que sete ‘congestionava’ a quadra e reduziram o número para cinco. As bolas usadas eram de serragem, crina vegetal ou de cortiça granulada mas apresentavam o problema de saltarem muito e freqüentemente saiam da quadra de jogo. Então tiveram seu tamanho diminuído e seu peso aumentado. Por este fato o Futebol de Salão passou a ser chamado de "o esporte da bola pesada".
 

 

 

Uma outra versão situa o nascimento do esporte entre membros da Associação Cristão de Moços de Montevidéu, no Uruguai,no início da década de 1931. O criador da nova modalidade teria sido o professor Juan Carlos Ceriani, que chamou o esporte de ‘indoor-foot-ball’. Mas essa versão não tem muitos defensores, valendo esmo como referência histórica a primeira, que coloca a origem do esporte no país no início da década de 40.

 

 


 

 

Origem

 Galeria de Fotos

 Veja Também