Projeto vai cobrar capacidade de tratamento dos resduos gerados pela rea central da cidade, mas aspecto relevante do investimento est ligado preservao do meio ambiente

Lagoas de tratamento de esgoto j esto em fase de concluso

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Última Modificação: // | Visualizada 146 vezes


Ouvir matéria

 

As obras de readequação expansão das lagoas de tratamento localizada às margens do Ribeirão Sarandi já entraram na fase de conclusão. O município investe cerca de R$ 320 mil no projeto, recursos oriundos da Fundação Nacional de Saúde com contrapartida do município. A obra faz parte de um conjunto de ações ligadas ao saneamento urbano desenvolvidas pela Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura.
 
 O projeto prevê a construção de três lagoas de tratamento de esgoto, que incorporará modernas soluções tecnológicas no processamento dos resíduos. Quando entrarem em funcionamento, as lagoas dobrarão a capacidade de tratamento de esgoto gerado pela área central da cidade. As obras fazem parte de um amplo projeto que alcança todo o entorno do empreendimento, valorizando todo o espaço urbano.
 
 
“Toda a área será revitalizada com procedimentos que resgatam um passivo ambiental de décadas”, afirma Luiz Stéfano., secretário de Agricultura e Meio Ambiente. “A realização dessa obra representa avanço importante no sentido de preservação ambiental e no reforço da qualidade de vida”, acrescenta o secretário. O empreendimento reforça e amplia os investimentos do governo municipal em infra-estrutura urbana.
 
 

 Galeria de Fotos

 Veja Também