A Prefeitura de Marialva, atravs da Secretaria da Assistncia Social, Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente e Empresa Paranaense de Assistncia Tcnica e Extenso Rural (Emater-PR), realizaram na ltima tera-feira, 7, reunio com produtores rurais q

Compra Direta da Agricultura Familiar ir beneficiar agricultores, escolas e entidades de Marialva

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Última Modificação: // | Visualizada 148 vezes


Ouvir matéria

O encontro aconteceu no CSU (Centro Social Urbano). De acordo com a Gerente da Emater de Marialva, Silvia Capelari, o objetivo da reunião foi apresentar aos participantes o edital do Programa e os valores dos produtos, para que o produtor avalie sobre o seu ingresso. “Os pequenos produtores poderão comercializar apenas com a nota do produtor. Não há necessidade de ter uma empresa estabelecida, basta que o agricultor atenda as exigências legais de segurança alimentar”, disse Silvia.

 

Cada agricultor, enquadrado no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), pode vender a sua produção até atingir o valor de R$ 3,5 mil por ano.

 

Cleire Batista, 30 anos, é apenas um dos agricultores, que pretende comercializar por meio do programa. De toda a sua produção de mel, 500 kg devem ser vendidos. “A maioria dos agricultores não tem uma renda fixa. A partir do programa poderemos ter uma estimativa do quanto iremos receber no mês, ou seja, uma renda garantida. Com isso, teremos maior sustentabilidade. Isso é a agricultura familiar”, comentou.

 

Hoje (8), a reunião foi com representantes de escolas e entidades marialvenses. O resultado dos municípios contemplados pelo programa, está previsto para ser divulgado no mês que vem.

 

A responsável pelo Programa Compra Direta em Marialva, Cristina Jacometto, ressaltou que os produtos comprados serão doados para escolas e entidades sociais do município. “Nós fortalecemos os agricultores, que encontram meios de subsistência no campo, evitando assim que eles migrem para as cidades. Enquanto isso garantimos a segurança alimentar de pessoas carentes e estudantes, que recebem uma alimentação de qualidade e balanceada, já que os produtos comprados têm procedência garantida”, disse Cristina.

 

O Compra Direta é um programa de aquisição de alimentos, financiado pelo Governo Federal, executado pelo Governo do Estado em parceria com o Governo Municipal. Visa promover a articulação entre produção de agricultores familiares enquadrados no Pronaf e as demandas locais de suplementação alimentar e nutricional de entidades socioassistenciais, resultando no desenvolvimento da economia local, fortalecimento da agricultura familiar, melhoria nutricional da pessoas beneficiárias das doações de alimentos e na geração de trabalho e renda no campo.

 

No Paraná, o programa é executado por meio de parceria entre as Secretarias do Trabalho, Emprego e Promoção Social, e da Agricultura e Abastecimento, além da Emater, Central de Abastecimento do Paraná S.A (Ceasa) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

 

Maiores informações, na Secretaria da Ação Social. Rua Rotary, nº 241. Ou pelo fone: (44) 3232 1072.

 

 Galeria de Fotos

 Veja Também