Evento contou com a presena do Secretrio Estadual da Sade, Gilberto Martin. Prefeito Deca prestigiou o lanamento

Governo do Estado lana ?Caravana contra a Dengue?

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Última Modificação: // | Visualizada 223 vezes


Ouvir matéria

 

Na última segunda-feira (25), o Prefeito Deca e o Secretário de Saúde de Marialva, João Marcio Sanches, participaram em Sarandi, do lançamento da “Caravana contra a Dengue”, promovida pela Secretaria de Estadual da Saúde. O evento integra a primeira etapa da campanha “Verão sem Dengue”, que percorrerá nas próximas semanas as cidades com o maior índice de infestação da doença e cidades que tenham históricos de ocorrência de dengue nos anos anteriores, promovendo ações para diminuir este panorama.
 
Durante o evento, o Secretário da Saúde, Gilberto Martin, também apresentou o novo levantamento do índice de infestação predial (IIP), um cálculo feito a partir do número de imóveis em que o criadouro é encontrado a cada 100 imóveis. As cidades com maior índice, segundo levantamento das próprias secretarias municipais de saúde, são Doutor Camargo - 24,6%, Quatro Pontes - 17,5%, Mercedes - 15,45%, Astorga - 10 % e Paranavaí com 9,4%. O recomendado é que o número deva ser menor que 1%, ou seja, a cada 100 imóveis vistoriados menos de um imóvel tem larvas do mosquito.
 
Em Marialva a Secretaria Municipal de Saúde está desenvolvendo diversas ações, como orientação da comunidade, destruição de focos, captura e análise de larvas e remoção mecânica de criadouros. Atualmente 16 profissionais encontram-se em serviço.
 
O Secretário de saúde, João Marcio Sanches, afirmou que o trabalho tem alcançado bons resultados. “Os números mostram que todo esse trabalho dos agentes da Dengue, tem produzido um resultado positivo. Mas a situação ainda é preocupante”, disse.
 
No ano passado o município registrou 10 casos suspeitos da doença, dos quais 1 foi confirmado, 8 negativados e 1 aguarda resultado. O Prefeito Deca, fez um apelo a população para que se mantenha atenta ao combate da dengue. “Peço aos nossos moradores, para que tomem todos os cuidados necessários e eliminem os focos do Aedes Aegipty. É preciso que todos colaborem, assim vamos continuar livres dessa doença”, alertou Deca.
 

Para 2010, a recomendação da Secretaria Estadual é de que os municípios fiquem atentos quanto à possibilidade de uma epidemia de dengue hemorrágica, uma vez que circulam três tipos diferentes de vírus da doença. “A dengue, além de matar, funciona desta maneira: se baixarmos a guarda, ela volta”, sentenciou o secretário Gilberto Martin.

 Galeria de Fotos

 Veja Também