ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Meio Ambiente

Projeto de recuperação de solo e água na Microbacia do Caraná entra em nova fase

Quarta-feira, 10 de abril de 2019

Visualizada 385 vezes

Produtores das estradas Caraná e Iti estão envolvidos no projeto, que é conjunto da Emater, Seab e Semapem


Um projeto de recuperação de solo e água na Microbacia do Caraná (que abastece propriedades das estradas Caraná e Iti), em Marialva entrou recentemente em uma nova fase. Em 2016, o Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (Seab), que na época tinha o prefeito Victor Martini como chefe do núcleo regional, e o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), criou um plano de trabalho, e a Prefeitura de Marialva, por meio de sua Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente (Semapem), entrou com a execução.

Muito já foi realizado: após a seleção de produtores e mapeamento de demandas, a primeira fase foi realizada há cerca de 2 anos com a aplicação de compostos orgânicos para a adubação das terras, pois se constatou que alguns produtores estavam utilizando apenas adubos químicos, o que empobrece o solo com o tempo. Além disso, a Comunidade Iti recebeu melhorias no abastecimento de água cuja captação é realizada em um poço comunitário. Cada família beneficiada tem hoje registro de água individualizado com consumo regular e consciente e o empreendimento é gerenciado pela própria comunidade.

A nova fase consiste no terraceamento em propriedades para criar, recuperar ou ampliar curvas de níveis, e assim conter águas pluviais. "Isso melhora o sistema de infiltração de água, conserva o solo, não permite o avanço da água com força sobre a plantação nem sobre a estrada e impede erosões e que ela chegue ao rio, além de alimentar o lençol freático", explica o técnico em Meio Ambiente Guilherme Torrecilia Netzel, da Semapem, e gestor do projeto.

Outras ações do projeto são: adequação de carreadores; aquisição de 4 tanques com geomembrana e de 5 caixas d’água de 20 mil litros cada; manutenção de vegetação e roçadas, sendo distribuídas 5 roçadeiras tratorizadas e 4 costais; e um rolo faca para adubação verde. "Isso prova que é possível usar os recursos com inteligência para fazer a produção render mais, em um modelo sustentável", afirma o prefeito de Marialva, Victor Martini.

O Programa

O Programa de Microbacias chegou ao Paraná em 2012 e, em 2013, foram montados os Grupos Gestores Municipais (GGMs). Em Marialva, o GGM foi composto por produtores de várias áreas do município e representantes do setor agropecuário, e ficou responsável pela seleção da microbacia, com as exigências: entre 60 e 100 agricultores familiares com DAP, grau de comprometimento de recursos naturais (solo, água, biodiversidade), local do manancial de superfície de abastecimento público de água, nível de sensibilidade dos produtores para adotarem ações de recuperação ambiental e diversidade de sistemas de produção.

Por atender mais critérios, a região entre a Estrada Caraná (lado esquerdo) e o Ribeirão Keller foi escolhida e, em 2016, o Estado liberou para elaboração de projetos. O fim do Programa foi em 2018, estendendo-se até final de 2019 para conclusão dos projetos em aberto.

"Este trabalho é fundamental para relembrar a importância da conservação de solos e água para a produção agrícola", comenta Silvia Capelari, profissional de Extensão Rural na Emater Marialva. Ela lembra que o recurso repassado pelo Estado aos municípios não é suficiente para beneficiar todos os agricultores, mas nas décadas de 1970 e 1980, até meados de 1990, a maioria deles foi subsidiada por programa similar. "A expectativa é que haja uma conscientização do maior número possível de produtores para que cuidem dos solos, afinal é o bem maior de cada um que tem como trabalho a arte de produzir", complementou.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Marialva

Projeto de recuperao de solo e gua na Microbacia do Caran entra em nova fase Credito: Assessoria de Comunicao da Prefeitura de Marialva Projeto de recuperao de solo e gua na Microbacia do Caran entra em nova fase Projeto de recuperao de solo e gua na Microbacia do Caran entra em nova fase Projeto de recuperao de solo e gua na Microbacia do Caran entra em nova fase Projeto de recuperao de solo e gua na Microbacia do Caran entra em nova fase Projeto de recuperao de solo e gua na Microbacia do Caran entra em nova fase

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias