Levantamento

Marialva tem a maior produção agrícola da região, segundo estudo da SEAB

Segunda-feira, 01 de agosto de 2022

Última Modificação: 02/08/2022 09:22:12 | Visualizada 168 vezes

Valor Bruto da Produção passa dos R$ 530 milhões, sendo aproximadamente R$ 426 milhões só de faturamento da agricultura


Ouvir matéria

O Departamento de Economia Rural (DERAL) da Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), em seu Boletim Preliminar de 2021, divulgado em 2022, aponta Marialva como líder na região de Maringá no que tange às culturas agrícolas, atingindo R$ 426.247.781,66. Já quando se soma com a pecuária, chega a R$ 531.392.775,28 de Valor Bruto de Produção (VBP), chegando ao 5º lugar. O VBP é a soma, em reais, das riquezas produzidas pela nossa economia rural e é um dos valores que compõem o Produto Interno Bruto (PIB) do município, retratando a geração de emprego e renda.

 

"Isso mostra claramente que têm surtido efeito muito positivo os investimentos que temos feito desde que assumimos o mandato, em 2017, na manutenção e cascalhamento das estradas rurais e na intensificação da fiscalização dos Demonstrativos de Fluxo de Caixa das propriedades rurais, o que permitiu o registro da nossa produção real", afirma o prefeito de Marialva, Victor Martini. De 2018 para 2021, por exemplo, o salto no VBP foi de mais de R$ 200 milhões.

 

As culturas de soja, uva, milho e trigo são as principais da agricultura de Marialva, faturando mais de R$ 350 milhões juntas. Com cerca de R$ 80 milhões de faturamento, o frango de corte é o que puxa a pecuária marialvense.

 

 

Levantamento geral da região

 

Pelo VBP, os cinco municípios mais bem colocados no ranking da região de Maringá, que contém 29 municípios, são os seguintes: Astorga (R$ 941 milhões), Nova Esperança (R$ 637 milhões), Mandaguari (R$ 564 milhões), São Jorge do Ivaí (R$ 562 milhões) e Marialva (R$ 531 milhões).

 

Já se considerar somente a produção da agricultura, os cinco primeiros são: Marialva (R$ 426 milhões), São Jorge do Ivaí (R$ 335 milhões), Maringá (R$ 287 milhões), Astorga (R$ 252 milhões) e Nova Esperança (R$ 192 milhões).

 

Se somente a pecuária for considerada, as cinco primeiras colocações são ocupadas por: Astorga (R$ 688 milhões), Nova Esperança (R$ 445 milhões), Mandaguari (R$ 401 milhões), Munhoz de Mello (R$ 351 milhões) e Mandaguaçu (R$ 260 milhões).

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Marialva

Marialva tem a maior produção agrícola da região, segundo estudo da SEAB Crédito: Assessoria de Comunicao da Prefeitura de Marialva
Legenda: Marialva tem a maior produo agrcola da regio, segundo estudo da SEAB

 Galeria de Fotos

 Veja Também