Ferrugem Asiática

Monitoramento da Ferrugem Asiática movimenta técnicos agricolas em Marialva

Quarta-feira, 11 de outubro de 2023

Última Modificação: 11/10/2023 15:47:08 | Visualizada 112 vezes

Esta é a principal doença da cultura da soja, podendo ocasionar perdas variando de 10 a 90% da produtividade.


Ouvir matéria

Em Marialva, foi dado início ao programa de monitoramento da ferrugem-asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi), doença está a principal doença da cultura, podendo ocasionar perdas variando de 10 a 90% da produtividade.

 

 

Dentre as estratégias de manejo recomendadas, tem-se a adoção do vazio sanitário visando a redução do inóculo inicial, o uso de cultivares de ciclo precoce, semeadura da cultura na abertura do zoneamento agroclimático, o uso de cultivares com genes de resistência, o monitoramento constante das lavouras e o controle químico com uso de fungicidas, o qual deve ser realizado nos primeiros sintomas ou preventivamente.

 

 

Visando auxiliar os agricultores na tomada de decisão do momento mais adequado para realizar a primeira aplicação de fungicida para a ferrugem-asiática, que não seja antecipadamente sem a presença da doença ou tardiamente de modo a comprometer a produtividade, O IDR-Paraná em parceria com a Secretária Municipal de Agricultura e Pecuária  tem desenvolvido ações de monitoramento da ferrugem-asiática da soja baseado no uso de coletores de esporos, o qual possibilita a detecção dos uredósporos do fungo, circulante no ar, antes mesmo da manifestação de sintomas em plantas e assim ser uma ferramenta auxiliar no manejo da doença quanto ao momento de fazer a primeira aplicação de fungicida.

 

 

No município de Marialva o trabalha em parceria das instituições, para está safra 2023/2024 está resultando na instalação e monitoramento de 02 coletores, instalados em pontos estratégicos de nosso município, possibilitando maior confiabilidade no trabalho.

 

 

Fonte: Comunicação

 Galeria de Fotos

 Veja Também