ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Tráfico na fronteira

Paraná começa a organizar força-tarefa que atuará contra o tráfico na fronteira

Terça-feira, 07 de junho de 2011


O secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar, comandou nesta segunda-feira (6) a reunião ordinária do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIFron), em Foz do Iguaçu, para organização da força-tarefa de combate ao crime na região. Instalado no fim de abril, o GGIFron é integrado por representantes das forças de segurança e tem o objetivo de planejar, coordenar e executar ações policiais de combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas e armas nas fronteiras do Paraná com a Argentina e o Paraguai.

“Nesse encontro, criamos os grupos de trabalho específicos de combate ao tráfico de drogas, de combate ao comércio ilegal de armas, criação de grupo de inteligência da fronteira e debatemos a criação de indicadores para acompanhamento de resultados. Foi uma reunião técnica, de organização do grupo e discussão das primeiras ações da força-tarefa”, disse o secretário.

A partir da criação do GGIFron do Paraná, o primeiro do País com atuação na fronteira, o Ministério da Justiça estimula a instalação de outros gabinetes de gestão integrada com a mesma finalidade.

“O governo federal definiu uma estratégia nacional de segurança nas fronteiras e recomenda que outros Estados criem gabinetes específicos para prevenção e repressão à criminalidade. A ideia central é garantir a presença permanente das forças policiais e de fiscalização na região de fronteira, promovendo ações integradas dos diversos órgãos federais, estaduais e municipais”, explicou Almeida Cesar.

Cada estado que faz fronteira com outros países terá um interlocutor na Estratégia Nacional de Segurança nas Fronteiras (Enfron). Esses representantes farão reuniões periódicas para avaliar as ações realizadas e definir as metas de ação. “O Enafron vai promover a articulação das esferas de governo e uniformizar entendimentos e ações, para melhorar o investimento de recursos públicos nessas regiões”, explica o tenente coronel César Alberto Souza, interlocutor do Paraná no Enafron.

Durante a reunião do GGIFron, o representante da Receita Federal, Rafael Dalzon, falou sobre o impacto do contrabando na criminalidade fronteiriça e explicou o regime de tributação unificada na importação de mercadorias do Paraguai. O general Ajax Porto Pinheiro, da 15ª Brigada do Exército em Cascavel, explicou as ações que vêm sendo realizadas na região

Fonte: Agência de Notícias do Pr

 Outras Notícias